For you, who I loved the most

4 comentários: | |
(como se o texto já não fosse o suficiente, aqui vai uma música pra ilustrar também)
...Eu geralmente faço as introduções depois de fazer o texto mas dessa vez eu me arrependi um pouquinho, porque eu estou desconcertada o suficiente pra não conseguir pensar em nada pra colocar aqui. Bem, logo aviso que o texto a seguir pode ser um tanto quanto dramático.

Sobre essa semana e umas coisitas

7 comentários: | |
OLÁ CRIATURINHAS, MINHAS LINDJAS ALICES, COMO ESTÃO?
Eu... to meio gripada. E com dor de cabeça. E com uma afta na bochecha (isso só pode ser obra do capeta, eu nem sabia que se podia ter aftas ali, e isso dói como o inferno). MAS APESAR DOS PESARES, ESTOU DE MUITO BOM HUMOR.
Já que não posto a três dias, eu achei que talvez fosse bom dar uma explicação. O motivo da falta de post é: Excesso de posts. Ou quase isso. A verdade é que eu empaquei fazendo o que eu queria estar postando agora, mas já já eu termino e tudo continua procedendo no ritmo normal.

DIAMOND (prólogo)

6 comentários: | |
(música-tema da história!)
HEYOU, como vão vocês? Apresento à vocês uma das minhas histórias originais, "DIAMOND". É uma história longa, mas tentarei trazer no mínimo um capítulo por semana. Talvez eu decida um dia específico pra postar também, talvez às segundas.
Eu pretendo fazer uma comic com ela também, mas só quando essa parte escrita já estiver toda pronta. Mas, como uns extras, posso trazer uns character sheets, pra vocês terem uma ideia de como vai ficar. Antes que eu me esqueça, a história é de fantasia (magia, monstros e híbridos), sci-fi (experiências e tecnologias), ação e drama. Avisos: Contém tortura, porradaria e sangue. Se você estiver bem com isso, é vida que segue e vambora. Espero que gostem!

Hydrophobia

4 comentários: | |
Hoy! Hã, então, vamos ver. A carta de hoje talvez seja um pouquinho pesada, eu acho (a maioria dos temas desse treco acabam levando isso aqui pro drama, na realidade). Talvez eu poste alguma outra coisa hoje porque eu não gosto muito de deixar leitores com um sentimento muito depressivo (ao menos não aqui no blog, na ficção eu sou a rainha do feels). Ainda assim, eu acho esse tipo de post importante, talvez pra vocês não se sentirem sozinhos no mundo quando as coisas dão errado, e que tudo vai sim, melhorar. Pois bem, vamos à carta.

Apps para aprender outro idioma sozinho

4 comentários: | |
Boa tarde, minhas pequenas Alices~ Acabei postando duas vezes ontem (postei sem querer, mas aí a merda já tava feita e deixei por isso mesmo), o que significa que... continuaremos com a programação normal de uma postagem por dia como se nada tivesse acontecido.
Hoje eu resolvi trazer alguns apps de idiomas que eu uso, porque às vezes é meio complicadinho achar algum que preste (principalmente se o que você quiser aprender não for o básico inglês/espanhol). Só fiquei triste (e me senti velha) ao saber que o que eu costumava usar pra aprender japonês em 2010 tenha fechado (sdds livemocha). Enfim, vamos ao post!

642 Coisas #1

4 comentários: | |
Hello pepous~ Como estão? Como eu havia falado na postagem anterior, aqui está o desafio do 642 Coisas Para Se Escrever. São uma série de textinhos pequenos e aleatórios, então não estranhem eles serem desconexos. Enfim, aqui está o primeiro deles, enjoy~

Rabiscos e um presentinho para Myu

2 comentários: | |
     Aloalo! Hoje eu vou cumprir uma das coisas que eu havia falado que ia fazer, que é finalmente mostrar alguns dos meus desenhos pra vocês. E como eu estou o cúmulo da eficiência, também estou com a próxima das 30 letters pronta (apesar da vergonha de postar, help) e estou no meio da primeira postagem do desafio 342 Coisas para se escrever. Acredito que eu vou manter o ritmo de postagens por um tempinho.

Livros para quem deseja viajar

3 comentários: | |
Com a minha recente descoberta do programa de intercâmbio da FOA, viajar para o outro país parece ser mais possível do que nunca, mesmo que eu acabe não fazendo isso pela faculdade. Mas, porém, no entanto, viajar sozinha pelo globo é uma experiência que pode vir a ser complicada caso não se tome os devidos cuidados. Então, antes de qualquer coisa, eu decidi procurar livros e guias de viagens antes de decidir minha rota, arrumar as malas e cair fora daqui, porque eu não sei falar mais sete idiomas pra ficar empacada em VRCity. De toda forma, aqui vão os três mais interessantes que eu encontrei:

OPA, TUDO BOM?

8 comentários: | |
Gostaria de dizer que apareci para narrar alguns (porque se eu tentar contar tudo eu vou descobrir o limite de palavras do blogger) dos eventos catastróficos (na verdade tem eventos bons também) que ocorreram nessa minha existência em 2017. Então peguem uma cadeira, sentem, relaxem, e aturem a minha pequena coletânea de desventuras.

[in]constancity

6 comentários: | |
E estou de volta à minha rotina normal de blog!
...Ou assim espero?
     Já faz algum tempo desde que escrevi aqui da última vez. Minha vida deu um salto 360 bizarro e eu mesma acabei me reiniciando do mais completo zero, mais uma vez. Eu ainda não sei o que deu em mim, mas...eu me sinto mais animada para fazer as coisas, as minhas coisas. Dar um jeito na minha vida atrapalhada.